suturando

Quebrando o meu silêncio de quase dois meses,eu acho, para apenas divagar acerca do paradoxo da minha vida. Não me sinto uma pessoa verdadeiramente amada por todos que me cercam o que não é difícil de notar com um pouco de convivência, sei as raízes, traumas, causas e consequências, mas ainda não fui, por assim dizer, suturada! Mas estou saturada de uma coisa que vem acontecendo quase todos os dias em que tenho a oportunidade de conversar com alguém… Para as pessoas que estão aqui (atualmente BR), querem que eu fique, porque dizem sentir saudades, para as pessoas de lá (RU), querem que eu volte… Sou um iô-iô eu acho… Onde eu estou as pessoas querem que eu fique. Então você poderia se perguntar: Mas você não fica feliz de ser superquerida? Quer saber a verdade mais insensível: não. E sabe por quê? Porque as pessoas não se sentem nem um pouco interessadas em saber como EU me sinto de verdade em relação as mudanças. Como eu estou. Apenas querem que eu fique. E nem é com elas. Mas em um lugar onde elas possam botar os olhos em mim e se sentirem confortáveis. Sim, eu entendo toda essa coisa de ter sentimentos, mas e sobre os meus? Anybody cares?? De verdade?? Acho que se elas realmente dissessem a verdade, meu telefone não teria som de grilos por quase dois meses…

só estou desabafando… em breve apago este post… eu acho…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s