extremos

Uma visão extremamente otimista da vida nunca foi o meu forte. Receio que demasiadamente pessimista não fosse também, mas tive a infelicidade (se tivermos direito a ter algo nesta vida) de ser uma pessoa que não acredita muito em um mundo de um futuro melhor, simplesmente porque acredito que o futuro na Terra está fadado ao fracasso. Então correntes, pensamentos, ilusões, estão fora do meu alcance mental (já disse e repito ser realista de formação e coração, não tem jeito). Comecei o post desta forma tão densa porque sou assim mesmo, não há como mudar esta veia artística que há nas minhas entranhas… Mas é algo para se pensar. Se há anos queremos um mundo melhor e isso depende de cada um de nós, porque será que ainda só temos o mundo pior? Das duas uma: ou não estamos querendo nada ou somos hipócritas e no fim ninguém está se esforçando por si, apenas olhando o outro. 

Estou no Brasil e Olívia está dormindo aqui em casa hoje. Ela está atacada por isso não posso demorar nos posts. Vim postar apenas porque vi que alguns andam lendo meus devaneios. Se rio ou choro… Não sei ainda. 

As coisas andam mais diferentes aqui. Bem aqui. 

Mudanças deveriam ser bem-vindas.

E deveríamos apostar no BENEFÍCIO da dúvida. 

Mas dúvidas e mudanças não são um bom sinal. Pelo menos não para mim. 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s