este olhar

Se você alguma vez teve contato de coração aberto com o evangelho e decidiu viver por isso, mas por alguma razão tem ficado pesado demais para continuar por este caminho: Este post é para você! [escrevi olhando para o espelho]. Não há como voltar atrás porque a imagem da cruz, ou dos olhos de Deus, ou “alguém além do visível sabe o que estou fazendo agora”, irão te perseguir por onde quer que andares. Não tem jeito, parece que você não decidiu nada. E é isso. Ele te escolheu, o que você fez foi apenas abrir o coração. Vou falar algo além de predestinação ou livre-arbítrio, deixe esses assuntos para teólogos, intelectuais e chatos… Mas falando de experiência pessoal, de vida tentando acertar, essas coisas… Não há como escapar dos olhos amorosos de Deus. Você quer com toda a sua força pecar, com todos os seus instintos, mas aqueles olhos estão lá, bem dentro de você olhando certinho para a menina dos seus olhos. E você tenta se afastar, tenta apagar, tenta esquecer, mas não adianta, e não adiantará nunca. Se render deverá ser o melhor que podemos fazer, ainda que doa. 

Sabe, uma vez, no meio do meu momento mais louco… Eu já tinha sido batizada, já tinha aceitado viver por toda esta loucura, já estava certa de tudo mesmo, mas por causa do engano do coração fui viver como os tais deste mundo. Então dentre as inúmeras vezes que Deus lançou esses olhos ternos em mim eu estava dentro de uma boite e bem lá dentro, um serzinho que nem sei o que estava fazendo ali (realmente ele foi desavisado que era uma boite), me abraça e começa a orar por mim. Ali, bem ali aqueles olhos me alcançaram… Argh, eu queria fazer de tudo o mais para apagar aquele dia dos meus diários. E o constrangimento não foi público, foi só aqui, bem aqui. Aqui dentro. Então, no dia seguinte, vi que no meu celular havia várias ligações da minha avó as três da manhã. E assim decidi retornar, cheia de ressaca, com dor de cabeça e consciÊncia porque não conseguia fugir dEle… E ela me disse que naquela mesma noite meu avô teve um sonho no qual eu estava em um lugar todo preto, uma casa (a boite… meus avos até hoje acho que nem sabem o que é isso), e que meu avô entrava lá para me resgatar, só que quando ele saía, ele estava todo ensanguentado e comigo nos braços… Quando ele consegue finalmente sair comigo, me coloca no chão… Todos pensam que eu estava morta lá dentro, mas quem estava ferido era ele, e então ele diz a minha avo: cuida da Carol. E ele morre. Quando ela me contou isso eu chorei copiosamente no meio da rua. Eu estava de oculos escuros bem num ponto de onibus, e estava muito sensível… Naquele momento pude sentir aqueles olhos me prenderem. Hoje, reescrevendo o sonho, que eu jamais esqueci, já fazem 4 anos… eu entendo que foi Jesus mesmo que foi me visitar naquele dia. Que Ele deu a vida por mim… Que Ele me resgatou. Claro que este momento foi muito específico na minha vida e talvez você nem acredite, mas significou muito para mim. Tanto, que a partir de então o propósito foi mascarar cada vez mais a presença daquele olhar. Não voltei imediatamente, ficava com raiva de não poder viver a minha vida como eu queria… Mas Não dá. Não consegui. Nos buracos mais profundos em que me meti nesta vida, ele sempre esteve lá. Me amando… Não sei como, mas sei que foi assim. Por isso, não há como se esconder. Deus te quer, me quer, nos quer… Não importa. Aqueles que abriram o coração para Ele foi porque Ele mesmo escolheu. E Ele cuida, ainda que pareça distante. 

Estou escrevendo sobre isso porque as pessoas e eu ainda insistimos em fazer tudo da maneira mais difícil. Tenho assistido a entrevistas. De artistas, escritores, cantoras, sei lá porque, queria saber um pouco mais da vida das pessoas como pessoas e não como seus títulos. Estou analisando umas coisas… Enfim, vendo as entrevistas, percebi que todo mundo tem o grande costume de querer ser uma pessoa melhor, de tratar os outros bem, de doar parte do que ganha, de fazer o bem sem olhar a quem só para trazer um pouco mais de felicidade na vida. E percebi que com a maioria esmagadora dos crentes não é assim. Sabe ², ouvi de um pastor no Brasil que o número de cristãos no Brasil triplicou e só tem crescido. Mas porque ainda temos mendigos, “órfãos e viúvas” tão necessitados de atenção? Porque vivemos uma fachada de evangelho, enquanto os “ímpios” [pessoas que não tem Jesus como seu salvador], são pessoas infinitamente melhores do que nós. Queremos viver para nós mesmos. Essa é a verdade. Acreditamos que como já somos cristãos primeiro devemos consertar o nosso caráter e deixar “Deus” nos abençoar nas nossas vidas para, depois de uns anos fazermos algo que agrade o coração dele. Quando sequer cumprimentamos os nossos irmãos da e na igreja! What a SHAME. Aff… Estou longe de ser cristã. Acho que Deus me trouxe mesmo aqui para eu me converter e assim ajudar na obra com meus frutos. Que maus frutos! Mas ainda bem que esses olhos não saem de mim e me colocam no lugar que eu tenho que ficar… Aqui… Bem aqui… Aos pés dEle.

choremos.

Anúncios

2 comentários em “este olhar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s