sobras

E nesta vida louca que vivemos só mesmo descobrindo que ainda não estou no caminho certo para poder tentar fazer o retorno logo ali a quinhentos metros e retornar ou entrar enfim no caminho que conduz a vida eterna. Pensemos: será que desejamos realmente viver isso que chamamos de cristianismo? Porque pense você, como eu rumino-recorgitando isso quase que 36horas do meu dia (é, meu dia tem 36h). Somos expostos a luz desta Palavra divina, temos acesso direto ao criador do Universo, temos acesso a Palavra ainda que não queiramos mais ir à Igreja (o que é um sujo paradoxo), mas por que ainda não conseguimos matar o velho homem? Por que ainda é tão difícil nos livrarmos das amarras que nos prendem e nos dizem que tradição, por exemplo, poderia nos levar para o céu? Ou por que, muitas vezes, sequer pensamos em céu, mas o nosso desejo é o de sermos exemplos e “bençãos” para a vida das pessoas: ou seja, puro reconhecimento disfarçado… Por que negar-se a si mesmo nos custa tanto sendo que somos maus e habitamos em pecado? Por que pecar nos agrada tanto e nos constrange tanto deixar esta prática? Sabe, eu não sabia, mas vivo na prática de muitos pecados ainda. Não estou ainda no nível… Ih, olha, hoje pequei… Ou apenas pecados mentais, sabe como? Aqueles pecados do tipo… “Não amei a Deus de todo coração… Não orei hoje…” Coisas assim… Ainda vivo na prática de pecados graves que, obviamente, para o não exagero da exposição de minha figura, não falarei aqui… Mas analise sua vida também… Existem pecados como inveja, ansiedade exagerada, gula, que parecem ser inerentes a nossa carne… Parece que jamais conseguiremos nos distanciar. E com relação a pecados que estão entranhados devido a consequências de uma má educação? Ou de uma tentativa frustrada de boa educação que acabou se transformando em uma péssima educação?

Como ser cristão? Como negar-se? Como viver na dependência do Espírito? Ainda que sejamos religiosos… Não me importa… Se esta “religião” me re-ligar ao foco certo, ao Deus verdadeiro. Estou como uma sobra do jantar de antes de ontem…. Antes de ontem estava gostoso, fresquinho e saboroso… Mas ontem já virou almoço das crianças… Resto pro cachorro… A noite ninguém pegou da marmita na geladeira… E hoje, sábado de manhã… Tem alguém olhando para ele e pensando… “Tanta gente passando fome no mundo e essa comida aqui… mas fazer o que… vai pro lixo!”.

Enfim, sobra.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s