amor

Às vezes descobrimos o amor tarde demais. Agradeço a Deus porque comigo não foi tão assim. Amanhã estou de partida para o Brasil e descobri, ou melhor redescobri o quanto amo as pessoas que estão aqui comigo diariamente e como e quanto amo o lugar onde estou, ainda que muitas pessoas coloquem os mais diversos defeitos. A questão do amor vai além do gostar, naturalmente. É lógico que gosto a todos que convivo e que hoje são a minha família aqui na Russia (quando eu pensei que poderia dizer isso?), mas parei para fazer uma “rebobinação” (criação de palavras do dicionario do mestre Vini hehe) e descobri que antes de gostar de fato deles, os amei. E hoje como amo e gosto! Tudo junto, tudo misturado, ai que delicia! Eles sáo meus irmãos, meus companheiros, alguns mais distantes, alguns mais próximos, mas TODOS, irmãos. Estivemos este final de semana na casa do pastor, todo mundo junto, todo mundo mesmo… E como foi maravilhoso!!! Como nem tudo são flores, fiquei dodoizinha com uma coisinha lá, mas se eu não ficasse, não seria tão bom assim!! hehehehe

Isso só me dá mais certeza de que tenho que continuar nesta obra. Depois de tudo o que Deus fez no meio de nós, não é possível sair assim e não voltar.

Guardo no coração o drama (tem que ter ne) da saudade JÁ sentida e a esperança de que haja um milagre e 40 dias passem AO MESMO TEMPO bem devagar e ao mesmo tempo seja logo amanhã.

Poderia dançar a passos largos de tanta alegria!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s