nevasca

Este é um ano de crescimento para a igreja de Jesus. As portas dos céus foram abertas sobre o Brasil e uma chuva de bênçãos espirituais e profecias foram derramadas sobre cada um que procurou o máximo ser fiel a Jesus. Mas Deus quer mais. Ele não desistirá até que tenha tudo. A palavra diz que onde está o teu tesouro, ali também está o teu coração. Onde está o nosso coração? Onde está o meu coração? Está realmente pensando e nas coisas do alto? Será que eu acho que Deus está sendo muito pidão querendo tudo de mim? O que é o meu tudo? Quando canto que Ele é o meu tudo, que abro mão de tudo, eu abro mesmo mão? Ou eu sempre tenho o galão da reserva? Algo que preencherá aquilo que Deus me tirou, ou que pediu que eu abrisse mão por Ele? Tudo é morte! Eu posso morrer? Não apenas desmaiar ou entrar em coma por Ele, mas eu posso morrer??

No Brasil, na Rússia, em Angola ou em qualquer outro país deste planeta, experiências diferentes acontecem sempre com um mesmo propósito: Deus querendo que os homens retornem ao plano original da criação, que é ter um relacionamento com Ele. Quando temos um relacionamento com Jesus, nos tornamos uma só carne com Ele. E sendo um, apenas um lado tem que sobressair. Como somos cheios de humanidade e esta cisma de fazer sua própria vontade, como uma noiva, temos que ser submissas ao nosso amado marido, morrer e deixar que Ele habite completamente em nós. Será que estamos dispostos? No começo parece ser fácil abrir mão de uma noitadinha, de um bar… Tirar o grosso é sempre mais fácil. Porém vem a fase da faxina. Começamos a olhar os cantinhos de nossas vidas e percebemos que estão cheios de lodo, cheios de craca mal lavada e ai temos que começar a botar a mão nessa sujeira toda para tirá-la… Podemos até colocar uma luva, passar uma escovinha, mas não sai até que peguemos com a nossa própria mão para tirar. O nojo que isso causa é exatamente o grau de dificuldade de abrir mão de algo em nossas vidas… e percebemos que quanto mais nojo, mais sujeira encontraremos nos cantinhos, valas e canos do nosso encanamento humano. Uma vez que tiramos toda a sujeira (aparentemente), temos que fazer sempre uma revisão, porque fatalmente encontraremos mais coisa a ser tirada. Nunca está bom o suficiente. E estou amando que nunca esteja. Quando estamos satisfeitos da limpeza de humanidade alguma coisa não está tão limpa. Por vezes nos cansamos de limpar e limpar. Cansativo. Mas o meu marido vem ai, e Ele não gosta de encontrar a casa suja e desarrumada. Nunca posso parar de me preocupar. E se eu parar, algo também estará errado. Não tenho sido uma boa esposa. Não me sinto realmente casada. O noivo quer intimidade, mas também quer limpeza. Na intimidade conhecemos o nível de pureza de alguém, e acho que ninguém quer ter intimidade com porcos. O noivo quer intimidade. O noivo anseia por intimidade, o noivo anseia por tudo. Será que a noiva não?  Uma noiva adornada e suja, não é uma noiva. Qual será a craca que teremos que tirar hoje? Uma inveja? Um ciúme? Um julgamento?

Que o Senhor Jesus nos ajude a limpar-nos da nossa humanidade, tirar todo o pó, para que a face dele verdadeiramente esteja em nós! O grau de limpeza será o grau de intimidade que o noivo terá conosco. Santidade ao Senhor.

Carol – 23.12.2010

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s